01

Hospital 24H

O HOSPITAL JARDINS oferece uma equipe multiprofissional e médicos veterinários referenciados 24 horas. Fone: 2501-7001

Saiba mais
02

Pet Shop

Produtos para higiene e beleza, acessórios, brinquedos e alimentos, ampla farmácia veterinária, além do setor de Estética Animal.

Saiba mais
03

Pet Clube

Criamos um meio de recompensar você, cliente especial do Pet Shop Jardins, por estar sempre conosco. É o Pet Clube!

Saiba mais
banner-home-pet-clube
Novidades

Centro de Saúde Animal Jardins

20/08/2019

Gravidez canina: tudo o que você precisa saber sobre

A gravidez canina é um momento bastante emocionante, para a cadela e para tutores – afinal, quem não se derrete por filhotinhos? Mas esse período também exige alguns cuidados especiais. Se a sua cadelinha está em trabalho de gestação, esse artigo é ideal para você. Aqui você vai conhecer as principais informações sobre gravidez e nascimento de filhotes de cachorro.

 

Principais sintomas de gravidez canina

Você está em dúvida se sua cadelinha está grávida? Existem alguns sinais que podem ajudar a descobrir a reposta:

  • Mudanças de comportamento: redução da vitalidade, mal-estar geral, atitudes grosseiras e até soluções são alguns dos sintomas de mudança de comportamento;
  • Mudanças físicas: a gravidez canina dura de 63 a 67 dias, mas na metade desse período já dá para notar algumas mudanças no corpo da cadela, como ganho de peso e aumento nos mamilos;
  • Mudanças do fluxo vaginal: a pura observação do ciclo menstrual não é um indicador viável uma vez que a ausência da menstruação não é nenhum sinal que possa indicar uma gravidez. Entretanto, o que pode ser observado é a mudança de cor e consistência do fluxo.

ATENÇÃO: é importante lembrar que estes são apenas sintomas. A única forma de saber se a sua cadelinha está grávida mesmo é através de um diagnóstico veterinário.

 

Cuidados com a cadela durante a gravidez

Durante todo processo de gestação, a cadela fica mais sensível, portanto, devemos dobrar nossa atenção e cuidado. Um dos pontos mais importantes nesse período é a nutrição. A partir do momento que você tiver a confirmação de gravidez da sua cadelinha, aumente a dose da ração em pelo 5% a cada semana.

Se ao longo do período você notar diferença nas fezes dela, mude, gradualmente, a ração para uma mais macia – em lata ou digestiva -, além, claro de leva-la ao veterinário.

A hidratação também é extremamente importante, portanto, deixe um recipiente sempre disponível com água fresca e potável.

Na fase final da gravidez a cadelinha já não tem tanto espaço para armazenar comida. Nesse momento, aumente a frequência das refeições e diminua a quantidade de cada porção.

ATENÇÃO: apesar da mudança de alimentação, atente-se e previna a obesidade em sua cadelinha.

 

Cuidados extras…

…Mas não menos importantes!

Durante a gestação, evite que sua cadelinha se estresse. Além disso, garanta uma cama e local confortável para repouso: longe do frio (ou muito calor).

 

Parto e pós-parto

Se durante o período de gestão o veterinário disser que não há nenhum risco, sua cadelinha terá os filhotes em casa. Caso contrário, fique atento e leve ela à clínica veterinária ao perceber:

  • Dilatação da vulva e dos ligamentos pélvicos;
  • Que a cadela procura um local tranquilo;
  • Fica irritada, nervosa – o que é normal;
  • Prepara o espaço para o parto em um lugar longe.

Existem 3 fases do parto:

  1. Relaxamento ou dilatação do útero: nesse momento, a cadela fica inquieta e nervosa; a vulva se expande e alguns líquidos podem ser excretados.
  2. Evacuação das crias: nesse momento, as contrações ficam mais intensas. A cadelinha lambe cada filhote para estimulá-los enquanto corta o cordão umbilical. Se você perceber que ela não tem forças para fazer isso, faça você mesmo delicadamente com uma tesoura.
  3. Expulsão da placenta: cada filhote nasce envolto de uma placenta, que a própria cadela rompe. Novamente, se você perceber que ela não está fazendo isso, faça você mesmo.

Após o parto, envolva os filhotes juntos em uma toalha e coloque-os em um ambiente pequeno e quente. Se a sua cadelinha não os alimentar, você deverá fazer isso com leite específico disponível em petshops – sempre com doses pequenas.

Se tiver alguma dúvida, fale conosco.

Fonte: Perito Animal

 

13/08/2019

Campanha de vacinação de pets 2019

Já falamos aqui porque escolhemos agosto como mês oficial da vacinação de pets. Mas, em 2019, temos mais um motivo para você proteger seu bichinho nesse período: até o dia 31 de agosto, o pet pode tomar duas vacinas por um valor especial – fale com a nossa equipe pelo WhatsApp para saber mais, o link ao lado te leva direto à conversa https://bit.ly/2LjoBzN.

Leia mais
01/08/2019

Saiba tudo sobre Medicina Felina

Bruna Padin é a mais nova integrante do nosso time e, junto de Márcia Lembo, é responsável pelo atendimento de felinos aqui no Centro de Saúde Animal Jardins. A profissional possui especialização e mestrado em medicina felina e atua há cinco anos na área. Na entrevista a seguir, ela fala mais sobre o tema e orienta os tutores de bichanos. Confira!

Leia mais