Quem tem um melhor amigo de quatro patas sabe que essa é uma das coisas mais gratificantes que existe, mas como em qualquer outra relação pode haver alguns mal entendidos. Para evitá-los, é necessário conhecer e entender quais as situações que podem deixar os cães estressados ou tristes.

Confira:

1 – Barulhos e cheiros fortes 

É muito comum ver cães que se assustam facilmente com barulho, seja ele de carros, aspirador de pó ou fogos de artifício. Isso acontece porque eles têm uma audição excepcional e possuem uma percepção do som muito mais sensível que a nossa.

Tal como o ouvido, o seu olfato também é mil vezes mais potente que o dos humanos. Sendo assim, qualquer odor que pareça forte para você, como o de produtos químicos, perfumes e outros, será ainda mais desconfortável para ele.

2 – Falar muito e não usar linguagem corporal

Sabemos que os cães domésticos desenvolveram certa facilidade em entender algumas palavras e comandos que usamos, mas ainda assim eles não entendem a nossa linguagem verbal completa. Fazer uso de gestos enquanto falamos ajuda e muito eles a entenderem o que queremos comunicar.

Se você falar muitas palavras que seu cão não conhece e usar pouca linguagem corporal, ele acabará ficando nervoso por não conseguir entender o que você quer dizer.

3 – Olhá-los fixamente nos olhos

Se você já experimentou olhar o seu cão nos olhos fixamente, provavelmente notou que ele evita o olhar ou, em alguns casos, até rosna.

O contato visual para os cães equivale a desafio. Quando ele desvia o olhar é uma demonstração de que é submisso, já quando ele mantém o contato visual é porque existe a intenção de ser o dominante.

É perigoso fazer isso com cães que não conhecemos, pois eles podem ficar agressivos.

4 – Passear com pressa

A hora do passeio é um momento muito importante no dia de um cão, isso porque além de fazer as suas necessidades, é quando eles podem explorar um ambiente diferente, interagir com outros cães e se divertir.

Quando passeamos com pressa para chegar em algum lugar ou terminar logo o passeio, mantendo a guia tensa e puxando o cão a todo instante, tornamos um momento tão especial para ele em algo frustrante.

5 – Vestí-los desnecessariamente 

Existem algumas situações em que podemos precisar vestir um cão, como por exemplo se fizer muito frio ou caso seja uma recomendação feita por um médico veterinário, mas o fato é que a maioria deles se sente extremamente desconfortável quando colocamos algo estranho sobre eles e por isso tentam desesperadamente remover o quanto antes.

Além disso, alguns acessórios podem prejudicar a saúde e qualidade de vida dos cães, portanto só use se for realmente necessário.

6 – Ficar sozinho

Não é novidade que cães não se dão bem com a solidão, afinal são animais que em sua natureza vivem em grupo.

Um cão doméstico enxerga a sua família como uma matilha e por isso tem para si que o pior que pode lhe acontecer é ser abandonado. Quando passam longos períodos sozinhos, podem até mesmo desenvolver depressão.

Por isso, fique sempre que possível por perto do seu cão e nunca deixe de fazer carinho e dar atenção a ele.

7 – Reprimir seus latidos

Para nós humanos ouvir os latidos dos cães pode ser irritante, mas saiba que para eles latir é tão natural quanto para você é falar.

O latido é uma forma de expressar suas vontades e seus sentimentos, é seu principal meio de comunicação, então antes de tentar reprimí-lo, tente entender o que está causando este comportamento.

8 – Donos estressados e bronca fora de hora

É normal às vezes estarmos estressados, seja por causa de um dia cansativo no trabalho ou qualquer outro problema que tenha acontecido, mas descontar o estresse no seu cão sem que ele tenha dado qualquer razão para isso pode deixá-lo muito confuso e chateado.

Quando seu cão de fato aprontar alguma coisa, o ideal é que a bronca seja dada no exato momento em que aconteceu. Se você prolongar o mal estar ou deixar para dar a bronca muito tempo depois, ele provavelmente não vai assimilar o acontecido.

9 – Abraços e beijos em excesso

Quem nunca viu um cão tão fofo que a vontade era encarnar a Felícia, dos Tiny Toons, e abraçar e beijar o coitadinho sem parar?

Apesar de amarem receber carinho, a maioria dos cães não gostam nem um pouco desses excessos. Cachorros, geralmente, encaram abraços como ameaças e podem se sentir encurralados diante da situação. Já os beijos, muitos simplesmente não entendem o que significa e evitam.

Claro que não são todos, é comum alguns peludos tolerarem ser abraçados e beijados e não verem problema nenhum nisso, mas outros podem ficar realmente desconfortáveis.

10 – Não ter rotina

Da mesma forma que cães não sabem lidar com a solidão por serem animais de matilha, eles também não sabem lidar com a falta de regras, afinal, quando estão em matilha, na natureza, eles são obrigados a seguir uma hierarquia.

É comprovado que cães que têm uma rotina são mais seguros e felizes, então é aconselhado que o dono se instrua sobre como ganhar respeito do cão e assumir o seu lugar como líder, além de estabelecer limites e horários para a alimentação, passeios e etc.

 

Texto por Patrícia Mota