O Dia Mundial dos Animais de Rua não é um dia de comemoração, mas sim de conscientização.

A Organização Mundial da Saúde estima que só no Brasil existam mais de 30 milhões de animais abandonados, sendo em torno de 10 milhões de gatos e 20 milhões de cães. No mundo, este número é ainda mais alarmante.

Mas nem tudo está perdido. Ao redor do mundo, centenas de organizações e pessoas preocupadas com este fenômeno procuram como reverter a situação.

A ideia do “Dia Mundial dos Animais de Rua” teve início na Holanda, quando algumas dessas organizações se reuniram em outubro de 2012 para a primeira Conferência Holandesa de Animais de Rua.

Foi neste dia que determinou-se que houvesse uma data para que lembrássemos desses animais que já foram uma vez abandonados e esquecidos, e que agora dependem somente de nós. O dia 4 de abril foi o escolhido por ser a metade de um ano depois do 4 de outubro, data em que é comemorado o Dia Mundial dos Animais.

Então que tal aproveitar esse dia dedicado ao cuidado e compaixão para ajudar um animalzinho de rua?

– Leve um prato de ração ou água para um animal de rua;

– Apadrinhe ou resgate um animal de rua;

– Ajude alguma organização de sua confiança;

– Leve um animal de rua para vacinar, castrar ou fazer um check-up;

– Denuncie casos de agressão e maus tratos;

– Conscientize as pessoas ao seu redor sobre o assunto.

O abandono de animais pode ser combatido com informação, prevenção e conscientização. Faça a sua parte e incentive seus amigos a fazerem o mesmo.

 

Texto por Patrícia Mota