Seu animal de estimação está se coçando como um louco e balançando a cabeça frequentemente? Atenção, este pode ser um sinal de alergia alimentar.

Blog-Sobre-Caes-e-Gatos-Cachorro-cocando

Assim como os seres humanos, os animais também podem ser alérgicos a diversos alimentos, porém reconhecer os sinais deste problema pode ser uma tarefa difícil.

A alergia alimentar ocorre quando uma parte do alimento é reconhecida pelos anticorpos como um corpo estranho. O sistema imunológico do animal responde a essa ameaça, acarretando em uma série de sintomas que podem facilmente ser confundidos com outras doenças. Os sintomas mais comuns são:

– Prurido

– Morder as patas

– Vermelhidão da pele

– Infecções da pele

– Infecções de ouvido

– Desordens gastrintestinais como vômitos e diarreias

É muito comum ainda confundir alergia com intolerância alimentar, mas a maior diferença está na resposta que o organismo tem quando está em contato com o alimento.

Na intolerância alimentar o alimento não pode ser digerido corretamente. Já na alergia alimentar há uma resposta imunológica a ele, onde o organismo reconhece o agente agressor e passa a combatê-lo.

Para obter o diagnóstico, é necessário levar o pet até um centro veterinário. Lá, o profissional deverá primeiramente descartar outras causas, e caso a alergia alimentar seja constatada, se dará início ao tratamento com uma dieta de eliminação que deve ser recomendada e acompanhada pelo veterinário.

Durante o período de dieta, é importante evitar que seu cão ou gato se alimente de petiscos ou outros alimentos caseiros, pois eles também podem desencadear alergias, impossibilitando assim que se saiba se o teste para alergias alimentares está funcionando não.

Trabalhar em conjunto com o profissional que está cuidando do seu amigo peludo é muito importante para ajudá-lo a se livrar das consequências da alergia de forma rápida e segura.

 

Texto por Patrícia Mota