29 março 2018

O que você precisa saber sobre chocolate para pets




Oferecer chocolate para os pets pode ser muito perigoso. A guloseima contém uma substância chamada teobromina, que não é metabolizada nem por cães e nem por gatos.

Por isso, ela se acumula no organismo em quantidades tóxicas, podendo causar vômitos, diarreia, taquicardíaca, tremores, convulsões, entre outros problemas.

Continue Reading

22 março 2018

Novas possibilidades no tratamento para câncer em pets




Embora muitos veterinários acreditem que os procedimentos cirúrgicos sejam mais indicados nestes casos, existem novas possibilidades no tratamento para câncer em pets. A oncologia veterinária vem apresentando avanços ao longo das últimas décadas e, atualmente, é possível encontrar formas alternativas para o tratamento.

Continue Reading

14 março 2018

Granulado higiênico – Imperdível! Leve 2 Pague 1




Se você tem um bichano em casa, com certeza já percebeu o quanto ele é higiênico, certo? Contribuindo com a vontade dos pets, aqui no CSA Jardins você pode levar 2 pacotes (3kg cada) de granulado higiênico Ecocatix pelo preço de 1, por apenas R$ 39,90.

Continue Reading

8 março 2018

Saiba mais sobre a higiene bucal dos pets




Meu animalzinho precisa mesmo escovar os dentes?

Assim como nós, a higiene bucal dos pets precisa de atenção. Os cães e gatos possuem bactérias na boca, que aglomeradas podem formar a placa bacteriana, ocasionando no cálculo dentário (tártaro).

Continue Reading

27 fevereiro 2018

Saiba tudo sobre a vacinação de cães e gatos




Quando o seu amiguinho de quatro patas – que é sinônimo de alegria e companheirismo – muda de comportamento, pode ser um sinal de que há algo de errado com a sua saúde.

Para evitar que isso aconteça, é necessário manter a caderneta de vacinação de cães e gatos em dia. Pois, apesar de apenas a vacina antirrábica ser obrigatória, outras vacinas também são importantes.

Vacinas necessárias para cães:

Vacina antirrábica – Protege contra a raiva e deve ser aplicada em uma única dose após os três primeiros meses de vida dos cães.

Vacina V8 – Protege o cão contra cinomose, parvovírus, adenovírus tipo 2, parainfluenza, coronavírus e leptospirose causada pelas cepas icterohaemorrhagiae e canicola. A aplicação é dividida em três seções, com intervalos de 21 a 30 dias entre cada uma.

Vacina V10 – Protege de outras duas cepas causadoras da leptospirose. As aplicações seguem a mesma indicação da V8.

Outras – Gripe canina, giárdia e leishmaniose.

Vacinas necessárias para gatos:

Vacina antirrábica – Protege contra a raiva e deve ser aplicada em uma única dose após os três primeiros meses de vida dos gatos.

Vacina V3 – Protege contra o calicivírus, inotraqueite e panleucopenia. A primeira dose deve ser aplicada depois dos primeiros 60 dias do animal, a segunda, após o intervalo de 21 dias.

Vacina V4 – Protege contra a clamidiose.

Vacina V5 – Protege da leucemia felina. As doses devem ser aplicadas a partir dos nove meses do animal e com intervalo de 21 a 30 dias.

A imunização do animal só acontece após a aplicação da última dose das vacinas, por isso, até esse período, o pet não deve ter contato com outros animais.

Lembre-se: as vacinas devem ser aplicadas anualmente e apenas por médicos veterinários.

O CSA Jardins oferece todas as vacinas do calendário de vacinação de cães e gatos. Para saber mais, marque uma consulta.

Por: Dr. Thomas Marzano, diretor clínico do Centro de Saúde Animal Jardins. 

 

20 fevereiro 2018

Cuide da temperatura corporal do seu pet




Em dias quentes, é necessário redobrar os cuidados com cães e gatos para evitar a hipertermia – aumento excessivo da temperatura corporal.

Como não transpiram, os bichinhos trocam calor pela boca e tem maior dificuldade para manter a temperatura do corpo. Tal fato pode gerar pressão alta e até mesmo acarretar em uma parada cardíaca.

Alguns sintomas podem indicar hipertermia: respiração ofegante, apatia, fraqueza, falta de apetite, vômitos, diarreias e desmaios ou convulsões. Os pets sobrepesos e os que tem o focinho mais curto são os mais afetados.

Dicas para o bem-estar do seu pet no calor

Sorvete de ração

Em estações quentes, o pet precisa se alimentar de forma balanceada, sem perder os nutrientes que ele necessita. Para amenizar o calor, é possível fazer sorvete de ração: bata a ração no liquidificador com um pouco de água, coloque em forminhas de gelo e congele.

Água fresca

Troque com frequência a água do recipiente do seu pet, para que ela esteja sempre fresca e disponível. Vale também acrescentar algumas pedrinhas de gelo e estimular seu bichinho a beber água mais vezes ao dia.

Passeios

Os melhores horários são entre 6h e 10h, e após as 17h, de preferência longe do asfalto quente. Ao notar que o pet está ofegante, ofereça água e borrife um pouco dela pelo corpo do mesmo.

No carro

Mantenha a ventilação no carro e em caso de viagens longas, faça paradas para o pet se refrescar.

Mais sombra

O ideal é que os pets tenham opções de sombra para se abrigar, além de um piso frio para deitar, ajudando a baixar a temperatura corporal e a troca de calor.

16 fevereiro 2018

Meu pet pode contrair febre amarela?




Febre amarela é uma doença infecciosa grave, causado por um vírus e transmitida por mosquitos.

Ultimamente, estamos acompanhando relatos sobre uma maior incidência da doença em alguns estados do Brasil.

Diante deste cenário, temos uma boa notícia para dar: fiquem tranquilos! Os pets não contraem febre amarela. Apenas humanos e macacos são hospedeiros do vírus.

De qualquer forma, precisamos combater os mosquitos, que são transmissores de doenças graves para os pets, como Leishmaniose, Dirofilariose, entre outras.

Para isso, é necessário diminuir o foco de proliferação desses insetos, evitando, por exemplo, água parada, inclusive nos recipientes de água dos pets.

Consulte um médico veterinário para saber as melhores opções de medicamentos e proteja o seu pet do contato com os mosquitos.

9 fevereiro 2018

Dicas para você curtir o carnaval com o seu pet




O carnaval de rua conquistou o coração de muita gente, entre marchinhas, purpurina e serpentina, os blocos são as atrações mais desejadas pelos foliões.

Já pensou em curtir essa festa juntinho do seu pet? Ele pode ser um ótimo parceiro para os dias de carnaval! Mas, para garantir o conforto e segurança do seu cachorro, é necessário tomar alguns cuidados:

Exposição ao sol

Quase sempre nos esquecemos do uso do filtro solar diariamente. Esse é um cuidado que deve ser adotado por você e pelo seu bichinho antes de sair para os blocos.

Portanto, além de aplicar um protetor hipoalergênico ou um específico para pets, prefira levá-lo mais cedo ou à noite. Assim você também o protege de queimar as patinhas no chão quente.

Vacinas

É fundamental que o seu amiguinho esteja com todas as vacinas em dia. Antes de encarar o carnaval, leve-o ao veterinário e tenha certeza de que ele está pronto para os dias de folia.

O Hospital 24h do CSA Jardins estará funcionando normalmente durante todos os dias de carnaval e também na quarta-feira de cinzas.

Vá preparado

Para manter o seu cachorrinho confortável, não abuse de fantasias pesadas. Aposte em roupinhas leves e com tecidos naturais, como as de algodão.

Não esqueça de levar um recipiente para água e também alguns petiscos próprios para o seu pet.

O Pet Shop do CSA Jardins estará aberto nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro.

Cuidado!

Preste atenção onde vocês vão pisar. Nesta época, as ruas costumam acumular cacos de vidros, que podem machucar você e as patinhas do seu cachorro.

Carnaval é tempo de festa, aproveite muito junto do seu melhor amigo!

17 janeiro 2018

Vai à praia com o seu pet? Cuidado com a dirofilariose




Sempre que levamos o nosso animalzinho de estimação à praia devemos tomar alguns cuidados básicos, como por exemplo mantê-lo hidratado e protegido do calor, mas agora esses cuidados devem ir além. Isso porque o clima quente e úmido é ideal para a proliferação de mosquitos que podem transmitir a dirofilariose.

Continue Reading

10 janeiro 2018

Necessidades do cachorro: acostumar o xixi fora de casa pode não ser uma boa




Apesar de ser sinônimo de companhia e diversão, ter um pet para chamar de nosso requer muita responsabilidade. Nem tudo são flores e chega uma hora que precisamos lidar com as necessidades do cachorro. E quando falamos em necessidades, estamos nos referindo ao xixi e cocô do nosso companheiro. Para manter a casa sempre limpa e livre de qualquer tipo de odor, muitas pessoas juntam o útil ao agradável e estimulam que seus pets façam xixi fora de casa durante o passeio.

Mas existe um porém: determinar que as necessidades do cachorro sejam feitas apenas durante as caminhadas pode acabar gerando alguns probleminhas.

O problema em acostumar o xixi fora de casa

Vamos lá: com a correria do dia a dia, a maioria dos tutores só consegue levar seu pet para passear apenas uma vez ao dia – geralmente de noite, quando ele volta do trabalho.

Agora, vamos pensar juntos:

  • Ao longo do dia, o cachorro bebe água diversas vezes – o que é muito positivo para a saúde.
  • Portanto, é natural que ele sinta vontade de fazer xixi algumas vezes ao dia também.
  • Mas o pet como aprendeu a fazer xixi fora de casa, ele vai segurar até chegar a hora do passeio.
  • O problema é: e se estiver chovendo? E se o tutor pegar muito trânsito? Se aconteceu uma emergência ou viagem de última hora e você não puder levar seu pet para um passeio no dia?

Ao segurar as necessidades, o cachorro pode apresentar graves complicações de saúde. Cálculos na bexiga, cistite, infecção urinária e problemas intestinais são alguns deles. Por isso, é importante analisar essas questões antes de adotar a regra do xixi fora de casa.

Xixi fora de casa: é possível revertê-lo?

Seu cachorro já se acostumou a fazer as necessidades fora de casa e você quer mudar isso? Então siga nossa orientação:

  • Na hora do passeio, leve um jornal no bolso.
  • Ao perceber que seu pet vai fazer xixi ou cocô, coloque o jornal e o incentive a fazer as necessidades em cima. Dê um petisco de recompensa por isso!
  • Faça esse exercício por vários dias. Quando perceber que o animal já está habituado, coloque o jornal no ambiente de preferência da sua casa e repita os mesmos comandos.
  • Você também pode aderir aos tapetes higiênicos. É possível encontra-los em nosso pet shop.

Mas lembrando: esse processo não é algo rápido! Leva um bom tempo para que se seu pet entenda e assimile a nova rotina. O importante é persistir com o procedimento para evitar possíveis problemas de saúde ao seu companheiro.

 

3 janeiro 2018

Campos do Jordão dá exemplo e realiza queima de fogos silenciosa na virada do ano




A cidade de Campos do Jordão, no interior de Estado de São Paulo, provou que é possível celebrar a chegada do ano novo sem os barulhos da queima de fogos que tanto assustam os animais e causam diversos acidentes.

Continue Reading

27 dezembro 2017

Cachorro assustado: como acalmar seu pet durante queima de fogos de artifício




Final de ano é sinônimo de festa e alegria, mas o que é uma grande celebração para nós pode ser um grande pesadelo para os nossos animais de estimação. A queima de fogos de artifício pode deixar o cachorro assustado, até mesmo aqueles mais confiantes, e a última coisa que queremos é ver quem a gente ama sofrendo, né?

Pensando nisso, o Centro de Saúde Animal Jardins separou as melhores dicas dadas por profissionais para amenizar o medo e proteger o seu cão durante as festas de fim de ano. Confira:

  • Para não deixar seu cachorro assustado, é importante acostumá-lo com barulhos altos. Seja da TV, rádio, dentre outros. Dessa forma, ele estará preparado para ocasiões como as festas de fim de ano. De preferência, faça isso enquanto ele ainda for filhote.
  • Quando o cachorro fica assustado é comum que ele tenha o impulso de querer correr para longe. A dica aqui é colocar uma identificação na coleira do seu pet com o nome dele, o seu nome e um número para contato. Assim, caso ele fuja durante uma queima de fogos, sua identificação fica mais fácil.
  • Complementando a dica acima, certifique-se sempre de que não há janelas e portas abertas. Isso evita que ele fuja ou sofra algum acidente.
  • Com receio de que o cão possa vir a destruir algum pertence da casa ou sujá-la, alguns donos tendem a deixá-lo do lado de fora. Isso não é recomendado, pois o cachorro se sentirá desprotegido e ficará ainda mais assustado, aumentando sua sensação de medo. A dica aqui é deixa-lo em um local que ele se sinta à vontade, de preferência com o seu cheiro. Se ele escolher um “esconderijo” por conta própria, deixe-o lá. Provavelmente é onde ele se sentirá mais seguro.
  • Pode parecer estranho à primeira vista, mas, quando os fogos de artifício começarem, não se encolha perto do seu cão, acariciando e protegendo-o! Ele pode entender este comportamento como um recado de que há realmente um perigo com o qual ele deva se preocupar e que ameaça não apenas a ele, mas também toda a sua família. O ideal é agir como se nada estivesse acontecendo e buscar entreter o cão de outras maneiras, com brinquedos ou petiscos.

Cachorro assustado mesmo após fim da queima de fogos

Caso você já tenha percebido que o seu cão tem um medo exagerado e que ele continua assustado mesmo após fim da queima de fogos, você pode ir até o médico veterinário de sua confiança e pedir para que ele receite um ansiolítico.

MAS ATENÇÃO: este método só é recomendado caso você já tenha utilizado o remédio em outras situações! Isso porque alguns ansiolíticos podem causar efeito rebote, ou seja, ao invés de controlar o medo, pode deixá-lo ainda pior.

E não se esqueça: em caso de emergência, conte com o nosso hospital veterinário aberto 24h por dia!

Texto por Patrícia Mota

23 dezembro 2017

OS NOMES DE CACHORROS MAIS POPULARES DO BRASIL




Escolher uma entre as várias opções de nomes para os nossos pets é uma missão difícil, mas muito divertida e especial. Alguns deles são bem conhecidos por todo mundo e entraram para a lista de nomes de cachorros mais populares do Brasil.

Continue Reading

13 dezembro 2017

Sinais de que o seu gato te ama




Que nós amamos incondicionalmente os nossos gatinhos não é novidade, mas você sabe como identificar se esse amor é recíproco?

Continue Reading

6 dezembro 2017

Frutas liberadas para os pets




Com o verão chegando, o consumo de frutas aumenta bastante. Além de muito nutritivas, por serem fresquinhas elas são uma ótima opção de alimento para esta época do ano. Mas, e os pets, também podem consumi-las?

Continue Reading

22 novembro 2017

Tudo sobre leucemia felina




Você já ouviu falar em leucemia felina? Neste texto, a Dra. Marcia Lembo, veterinária do Centro de Saúde Animal Jardins esclarece todas as dúvidas a respeito da doença, que atinge cerca de 10,4% dos felinos no país.

Continue Reading

15 novembro 2017

Hora da viagem: onde deixar meu pet?




Com a chegada das férias e festas de fim de ano, tudo o que mais queremos é planejar uma viagem para descansar e curtir ares diferentes. Mas se você tem um pet, nem sempre essa tarefa é tão fácil. Às vezes os lugares para onde vamos não aceitam animais ou é simplesmente inviável levá-los conosco. E aí pinta a pergunta: onde deixar meu pet?

Continue Reading

8 novembro 2017

Moda Pet




Definitivamente as tendências de moda não são mais exclusividade dos humanos. As passarelas invadiram o mundo animal, e hoje existem diversos modelos de roupinhas para pets, com diferentes cores, estampas e tecidos.

Continue Reading

1 novembro 2017

CENTRO DE SAÚDE ANIMAL JARDINS NA TV




A celebração dos 40 anos do Centro de Saúde Animal Jardins continua, por isso lançamos oficialmente um vídeo especial que mostra a nossa trajetória de sucesso e a infraestrutura completa que construímos ao longo dos anos para oferecer o melhor atendimento 24h a você e ao seu melhor amigo pet.

Continue Reading

25 outubro 2017

Brinquedos para gatos




Brincar é uma das atividades favoritas dos pets. Além de estimular fisicamente, a diversão também é bastante saudável para a mente e o bem-estar do animal. Muito se fala sobre o quanto os cães adoram uma bolinha e ossinhos para se entreter, mas para os gatos as opções são bem diferentes.

Continue Reading

18 outubro 2017

Escovar os dentes do cão: como fazer direito?




Escovar os dentes do cão com frequência é fundamental para prevenir problemas odontológicos como o mau hálito, tártaro, doença periodontal, dentre outros.

Continue Reading

14 outubro 2017

#PetDayCSAJardins




Para comemorar os nossos 40 anos, temos realizado diversas promoções e atividades especiais há alguns meses. Agora preparamos o Pet Day, que será no sábado dia 21 de outubro, das 9h às 18h. Você e o seu pet são nossos convidados, venham!

Continue Reading

11 outubro 2017

Como refrescar seu gato no calor




Quando chega o calor, os donos de gatos já se preocupam com o que fazer para amenizar o desconforto que a alta temperatura pode causar nos bichanos. Há várias medidas que podem ser tomadas para ajudar o seu pet a se refrescar mesmo nos dias mais quentes.

Continue Reading

4 outubro 2017

Qual a idade do seu gato?




Muito se fala sobre a idade dos cães comparada à nossa, que equivale a 1 ano canino para 7 anos humanos.  E aí, muitos pensam que para os gatos é a mesma coisa. Mas, isso está errado.

Continue Reading

27 setembro 2017

10 coisas que deixam os cães estressados ou tristes




Quem tem um melhor amigo de quatro patas sabe que essa é uma das coisas mais gratificantes que existe, mas como em qualquer outra relação pode haver alguns mal entendidos. Para evitá-los, é necessário conhecer e entender quais as situações que podem deixar os cães estressados ou tristes.

Continue Reading

20 setembro 2017

Alergias em cães – Como tratá-las?




São diversos os fatores que podem desencadeá-las, mas o fato é que as alergias podem causar grandes incômodos ao animal, e até mesmo sua morte, a depender de sua intensidade. Por isso, todo cuidado é pouco!

Continue Reading

6 setembro 2017

Você também ganha no nosso Pet Shop




No mês do nosso aniversário, o seu pet vai se deliciar. Preparamos benefícios especiais em nossa loja! Desde snacks, a caminhas e medicamentos anti-pulgas, essas ofertas com certeza vão trazer bem-estar ao seu cão e gato. 

Continue Reading

29 agosto 2017

Bebedouros para gatos: vale a pena ter um?




Os felinos são famosos por sua personalidade forte e por fazerem apenas aquilo que querem, e isso inclui até mesmo a maneira como selecionam a água que bebem.

Continue Reading

24 agosto 2017

10 curiosidades sobre os cães




Que todos nós amamos cachorros, não é novidade para ninguém. Também não é  novidade que os cães podem amar verdadeiramente seus tutores. Mas você sabia que cachorros são bichos de estimação há mais de 12 mil anos? Não? Então leia este post e conheça as 10 principais curiosidades do mundo canino!

Continue Reading

14 agosto 2017

CAMPANHA DE VACINAÇÃO: CUIDE DE QUEM VOCÊ AMA




O Centro de Saúde Animal Jardins – que comemora 40 anos em 2017, lança a sua campanha de vacinação “Cuide de quem você ama”. Você cuida do seu pet e ganha descontos.

Continue Reading