Apesar de ser a estação preferida de muita gente, o verão também possui suas desvantagens. As altas temperaturas fazem com que os animais comam menos – não são todos, mas é comum que a ingestão de alimento seja reduzida consideravelmente –, isso acontece também com humanos.

Mas o responsável por esse comportamento não é só o clima quente, você sabia que a maior quantidade de horas de luz por dia também deixa o cachorro sem apetite?

 

O porquê do verão deixar o cachorro sem apetite

A fome do pet começa a ser reduzida durante o período final da primavera. Por ser um processo lento e gradual, demora a ser percebido e muitos tutores só se dão conta do problema depois que o verão começou.

A estação mais quente do ano afeta consideravelmente alguns hábitos dos bichinhos, exigindo cuidados específicos para preservar a saúde. Desidratação, insolação e fadiga estão entre os maiores riscos.

Os cachorros transpiram pelos coxins (almofadinhas das patas) e regulam a temperatura corporal através da respiração ofegante. No calor, o corpo do animal exige mais água do que comida, pois ajuda a refrescar e diminuir a sensação de quentura.

Além das altas temperaturas, foi observado que muitos mamíferos reduzem naturalmente a ingestão de alimentos quando há mais horas de sol no dia. Esse fenômeno ainda não possui explicações exatas. Acredita-se que com dias mais longos e maior incidência solar, o organismo entende que não deve acelerar o metabolismo para armazenar nutrientes, já que é época de fartura alimentar. O fator também reflete no comportamento, que fica mais sereno.

Cachorro sem apetite em casa? Não se preocupe! Isso não é um problema de saúde, é uma reação natural do organismo. A fome pode aparecer no período da noite. Por isso, permita que o pet faça as refeições no horário que se sentir mais confortável e jamais force-o a se alimentar. De toda forma, é importante ficar atento para evitar perda de peso e desnutrição.

 

Confira algumas dicas que podem ajudar a devolver o apetite ao pet

  •  Mantenha o bebedouro sempre com água fresca e limpa.
  • Ofereça alimentos com bastante quantidade de água, como frutas – tome cuidado com o tipo escolhido e não dê em excesso, esses alimentos contém muito açúcar. Clique aqui para conferir o que o seu bichinho não deve ingerir de jeito nenhum.
  • Troque a ração seca pela úmida.
  • Mude os horários das refeições.