Você certamente já observou algumas atitudes engraçadas e esquisitas que os cães fazem. Muitas vezes eles só estão agindo de acordo com a sua espécie e “herança” de seus ancestrais, os lobos, que diferentemente dos cães que se tornaram animais domesticados, eram animais selvagens.

Para conhecer melhor essas criaturinhas que tanto animam nossa vida, nesse post desvendaremos alguns mistérios destes comportamentos. Confira:

Dar voltas antes de se deitar

cão deitado

Essa com certeza você já viu, pois praticamente todos os cães têm esse mesmo hábito. Este é um dos comportamentos herdados pelos lobos selvagens, que usavam as “voltinhas” como estratégia de sobrevivência. Eles giravam para sentir a direção do vento, que poderia espalhar o cheiro de seu corpo e, então, para se defenderem, deitavam em uma posição que permitisse perceber a aproximação de algum predador. Atualmente, este é um comportamento meramente instintivo, já que cães domésticos não precisam mais se preocupar com predadores.

“Cavar” antes de se deitar

cão deitado 2

Assim como as famosas voltinhas, alguns cachorros também insistem em arranhar e cavar a superfície onde vão se deitar. Esta é uma maneira deles de dizer “este lugar me pertence”. As glândulas de suor dos cães se concentram nas patas, por isso, quando eles cavam o chão, estão deixando seu cheiro e reservando o seu espaço. Além disso, pode ser uma maneira de tornar o lugar mais “confortável” para se acomodar.

Levantar a pata para fazer xixi

cão fazendo xixi

É comum pensarmos que os cães fazem isso como uma maneira de não se sujar, mas a questão é um pouco mais complexa. O cachorro levanta a pata para fazer xixi como forma de demarcar território e mostrar que é superior ao outro. Quanto mais alto o cão conseguir levar sua urina, mais forte ele é percebido pelos outros cães.

Alegria pós-banho

cão pós banho

Quem costuma dar banho no seu cão em casa provavelmente já presenciou ele saindo em disparado, correndo e brincando, quando o banho chega ao fim. Existem algumas possibilidades para essa animação toda. Seu cão pode sair correndo na intenção de enxugar-se de uma forma mais rápida, pois para ele pode ser desconfortável estar molhado, por isso se esfregar no primeiro lugar que ele encontrar. Outra possibilidade é a tentativa de recuperar o próprio cheiro, pois por mais que para gente seja agradável aquele cheirinho de banho tomado, para ele isso pode causar estranheza. E por último, a alegria toda pode ser apenas alívio, afinal, sabemos que não é todo cachorro que gosta de tomar banho, certo?

Mover a pata durante o carinho

carinho

Assim como nós, cachorros também sentem cócegas dependendo do lugar que nós o tocamos. Mover as patas como se estivesse se coçando nada mais é do que um reflexo à carícia que você está fazendo.

Perseguir o próprio rabo

rabo

Muitos são os cãezinhos que brincam de “pega-pega” com o seu próprio rabo. Esta atitude pode ser algo comum e feita de forma ocasional, mas em alguns casos este comportamento pode estar motivado por uma dose de tédio, onde na falta de ter outras coisas para gastar sua energia ele acaba tendo esse comportamento. É preciso também observar se o hábito é realizado de forma compulsiva, pois também pode ser consequência de um transtorno mais grave que precisa do acompanhamento de um médico veterinário.

Esfregar o bumbum no chão

bumbum no chão

Às vezes o cão começa a arrastar o bumbum no chão e não tem como não achar engraçado, mas antes de mais nada, verifique se tem algo que esteja incomodando seu cão. Ele pode fazer isso por estar com alguma coisa presa no bumbum, como grama, cabelo, carrapato, ou fezes. Outro motivo muito comum é que ele pode estar precisando que suas glândulas anais sejam espremidas/esvaziadas. A coceira ainda pode ser decorrente de vermes, nesses casos também é preciso fazer uma visita ao veterinário.

 

E você? já pegou seu cachorro agindo de forma esquisita e engraçada? Compartilha com a gente!

Texto por Patrícia Mota