“Vamos passear” é uma expressão que, para a maior parte dos cachorros, soa como um momento mágico. Eles adoram explorar novos locais, sentir novos cheiros e até mesmo ter contato com outros cães. Mas, utilizar coleiras e guias é importante para a segurança do animal!

São diversos os tipos e modelos, e todos eles você pode encontrar na loja do Centro de Saúde Animal Jardins!

dog with leather leash waiting to go walkies

Guias

Com diferentes cores, tamanhos e texturas, é importante escolher a guia certa para que o passeio seja seguro e divertido.

Presas às coleiras, elas precisam ser bem resistentes para poder impedir que o cachorro se liberte do controle de seu dono. Couro, nylon, tecido e metal são os principais materiais utilizados, e podem vir nas versões tradicional, automática, amortecedora (com molas) e roliça. A depender do comportamento do animal, é possível escolher entre uma guia mais curta (portanto, melhor para controle) e uma mais longa (que deixa o animal mais livre durante o passeio).

Coleira tradicional

Normalmente, elas são fechadas por uma fivela, e precisam ter dois dedos de distância do pescoço para não causar incômoda e “sufocar” o animal durante o passeio. Também existem em vários modelos e cores, mas as de couro são as mais resistentes.

Esta é uma excelente opção para praticamente todas as raças, menos para aquelas em que a cabeça do animal seja muito fina ou pequena, pois pode ter facilidade para sair do pescoço.

Coleira de liberação rápida

Elas são muito parecidas com as coleiras tradicionais, mas possuem um feixe diferenciado – são de plástico – que permitem colocá-la e tirá-la com facilidade, mas não deixam que o cão as tire, se puxarem forte.

Coleira de deslize

Essas coleiras são recomendadas para cães bem agitados, pois é composta por dois anéis que deslizam e permitem o controle do animal sem o risco de machucá-lo.

Coleira eletrônica

Este tipo divide opiniões, porque elas funcionam por meio de choques (bem leves) e com sinais elétricos enviados à distância para a corrente colocada no pescoço do animal. Ela pode ser muito útil em adestramentos e em cachorros desobedientes durante o passeio, mas pode não ser a melhor opção, caso a intenção seja passear de forma prazerosa.

Enforcadores

Eles são feitos de nylon, couro e metal, e alguns têm ganchos na parte interna. Muito utilizados no adestramento de cães, é importante ter muito cuidado e atenção, pois podem machucar os cachorros mais afoitos. O nome faz jus à sua função, já que a ideia é justamente causar incomodo para aqueles cães que puxam demais durante o passeio, mas todo cuidado é pouco, pois machucados definitivamente estão fora de cogitação.

Coleira peitoral

Esta opção exclui qualquer possibilidade de enforcamento do cão, seja durante o passeio ou até mesmo se ele costuma ficar de coleira no dia a dia, pois será conectada no peito do animal, e não ao seu pescoço. Quando conectadas pela frente, é possível ter um maior controle durante o passeio.

Um novo modelo tem feito bastante sucesso, que é a versão fechada das coleiras peitorais. Elas são acolchoadas e estampadas também, deixando os passeios mais confortáveis, além de bem modernos.

Venha à nossa loja e deixe seu pet sempre na moda!

Por Tatiane Mota