Todo tutor sabe que é normal cachorros se “limparem” sozinhos com lambidas, mordidas e coceiras. Mas quando ele começa a fazer isso repetidamente em uma região específica do corpo é bom tomar mais cuidado. Isso pode indicar que seu cãozinho está com algo sério, como alguma das doenças de pele em cachorro.

Não se deixe enganar: pelo macio e cuidado não é sinônimo de pele saudável! Acontece que, mesmo após perceberem essa mudança de hábito em seu companheiro, alguns tutores cometem o erro de continuarem cuidando apenas do pelo do cachorro, sendo que o problema não é esse.

Para te ajudar a manter seu amigão saudável, nós separamos as principais doenças de pele em cachorro, alguns dos sintomas mais comuns e práticas de prevenção que você pode adotar para evitar riscos. Dá uma olhada.

Sintomas comuns

A proteção da pele de um canino é feita por um conjunto de bactérias e fungos. Quando ocorre algum desequilíbrio nesse conjunto, a proteção diminui, deixando a pele exposta a doenças.

Alguns dos sintomas mais comuns que indicam a presença de algum problema, são:

  • Perda de pelo
  • Pelo ralo e com falhas
  • Coçar ou morder constantemente uma região da pele
  • Vermelhidão na pele
  • Pele seca e escamosa
  • Inchaço

As principais doenças de pele em cachorro

Parasitas e pragas

As pulgas e os carrapatos são os maiores causadores de doenças de pele em cachorros. Para se alimentarem de seu sangue, esses parasitas grudam na pele do cão e fazem com que ele se coce de maneira compulsiva. A picada de pulgas e carrapatos deixam a pele bem inflamada e pioram conforme o animal se coça.

Sarna

Existem dois tipos de ácaros que provocam a enfermidade: o Sarcoptes Scabiei, que causa a sarna sarcóptica – a mais comum – e o Demodex Canis, que causa a Sarna demodécica. Ambas inflamam muito a pele do animal e, conforme a doença progride, a tendência é que o cachorro perca bastante pelo e se coce de forma mais aguda.

Micose

Outra enfermidade de pele comum em cães é a micose. O que caracteriza a doença é o aparecimento de manchas vermelhas e a queda de pelos. Apesar de ser uma pequena no início, a micose pode se estender para outros animais e até para membros da família.

Dermatite canina

A dermatite canina pode ser causada por diversos fatores, como: alergias, parasitas e micro-organismos, estresse e ansiedade. O contato com produtos químicos e com outros cães que estejam contaminados também pode acabar gerando a enfermidade no seu companheiro. Os principais sintomas da doença são: coceira excessiva, vermelhidão e pequenas feridas.

Malasseziose

A última enfermidade da lista é a Malasseziose, uma doença causada por fungos. Ela se prolifera com umidade excessiva, uso de corticoides e antibióticos. Os principais sintomas da enfermidade são: coceira, pele oleosa e queda de pelos.

Como prevenir problemas de pele

A maioria das doenças de pele em cachorro podem ser evitadas com práticas simples, como: higiene regular, utilização de shampoos especiais e escovação frequente dos pelos do cãozinho.

Em todos os casos, consulte um veterinário para saber qual o melhor tratamento para seu companheiro!