Há alguns dias, foi notícia em todo o Brasil que milhares de gatos do Rio de Janeiro estavam apresentando esporotricose, uma doença fatal para os felinos e que pode ser transmitida aos seres humanos, causando sérios problemas de pele. Mas afinal, o que é isso?

gatosA esporotricose é um tipo grave de fungo, que ataca principalmente os gatos. A contaminação ocorre pelo contato das garras do animal com material orgânico em decomposição contaminado, como cascas de árvores, farpas, espinhos. É muito comum que os tutores dos felinos levem areia contaminada das ruas direto para as caixinhas de areias, e isso faz com o que, mesmo o animal que não tem o costume de sair de casa, contraia o fungo também.

Para os gatos, a doença pode ser fatal, por isso a importância do diagnóstico rápido. Dentre os sinais da doença estão feridas profundas no focinho e membros, geralmente com pus e que não cicatrizam, perda de apetite, apatia, emagrecimento e secreção nasal.

O tratamento costuma ser realizado com o antifúngico itraconazol, mas somente o veterinário poderá indicar este ou qualquer outro medicamento.

Evitar a contaminação é possível, por isso fique sempre atento. E a qualquer sinal diferente que seu gato apresentar, a equipe do Centro de Saúde Animal Jardins está preparada para recebê-lo.

Por Tatiane Mota