Adestrar um gato parece algo impossível, já que os felinos são conhecidos por sua independência. Mas saiba que é possível sim, e até mesmo bem importante.

gato obediente 2

O pensamento que sofás, cortinas e mobiliários são arranhados devido ao instituto, que as necessidades podem ser feitas fora da caixinha por ela estar no local errado ou até mesmo que o comportamento agressivo já é do próprio animal não está correto. Este tipo de conduta mostra uma rebeldia do animal, que deve ser administrada.

Claro que não podemos esquecer que gatos têm uma origem mais independente e que se viram muito bem sozinhos – diferentes dos cães, que necessitam de matilhas. Mas é importante domesticá-los para que a convivência não se torne difícil.

Aqui vão algumas dicas:

1 – Comece a ensiná-los desde pequenos, porque quanto mais idoso o animal, mais difícil será “domá-lo”

2 – Para que o gatinho use a caixinha de areia para suas necessidades, é importante que você o leve até o recipiente algumas vezes. Eles aprendem rápido! E não esqueça de mantê-la sempre limpa, pois gatos não gostam de sujeira.

3 – Ensine a palavra NÃO. Então toda vez que ele agir de forma errada, diga NÃO e o interrompa. Com o tempo, ele associará esta palavra com atitudes proibidas.

4 – Outro ponto importante é ensinar um comando por vez, para não confundir o animal.

5 – Elogiar, fazer carinho e oferecer petiscos a cada acerto também é uma ótima dica! Porque o animal associará seu bom comportamento a algo gostoso.

6 – Jamais agrida ou maltrate o animal, pois além de não ensiná-lo nada, você o deixará agressivo e estará infringindo as leis.

Por Tatiane Mota