Conhecidos por serem donos de si, ouvimos muito que arranhar é uma das ações mais nos gatos. Mas, além disso, eles podem morder – seja por brincadeira ou até mesmo de maneira agressiva.

Diferente de uma mordida canina, que pode gerar ferimentos graves, as mordidas de um gato não machucam tanto assim, mas assustam e devem ser observadas e até mesmo repreendidas.gato-mordendo2

Veja algumas dicas de como lidar com essa situação:

Procure um veterinário

Se o gatinho estiver sentindo alguma dor, ele pode se tornar agressivo e morder (em especial se você tocar justamente nessa parte dolorida). Se perceber que houve mudança de comportamento repentina, converse com um veterinário. Faça sempre exames de check-up em seu pet!

Na barriguinha, não!

Ao fazer carinho na região do abdome, os gatos podem não gostar e morder como uma maneira de proteção. A região da barriga é bastante sensível para eles, e por isso a reação. Aos poucos, vá mostrando aos poucos que este tipo de afeto pode ser gostoso e que nada de errado vai acontecer a ele. Com o tempo, ele irá se acostumar.

Passe mais tempo com o gato

Com a rotina corrida, é muito comum ficarmos fora de casa por longos períodos de tempo. Os gatos lidam bem com a distância, mas podem ficar mais rebeldes também. Tente aproveitar o máximo de momentos que puderem, brincando com brinquedinhos especiais e sempre bonificando com algum petisco quando ele agir de maneira correta. Se durante a brincadeira o pet tiver alguma atitude agressiva, repreenda com palavras (nunca com violência!).

Não provoque o animal

Em geral, gatos não gostam de serem amassados e apertados. Quando querem ser tocados e acariciados, eles se apresentam. Então já sabe – respeite!

Por Tatiane Mota