Passeio e diversão estão interligados. Este é o momento de visitar novos lugares ou voltar àquele local que tanto se gosta, de rever os amigos ou até mesmo fazer novas amizades e curtir ao lado de quem mais se gosta. Se identificou com tudo isso né? Pode ter certeza que seu cachorro também sente o mesmo!
Cachorro seurando a coleira

Com um cotidiano corrido, é muito comum que alguns donos de cães não os levem para passear. Alguns acreditam que por terem um quintal grande já será o suficiente para o animal se divertir. Tem aqueles que levam o cachorro para dar uma voltinha no quarteirão e pensam já ser o bastante.

Mas nada substitui o passeio na rua. Passear significa manter a qualidade da saúde física e psicológica do cão. Para se ter uma noção, caminhar diariamente com o animal, por cerca de 30 a 40 minutos influencia no controle do peso, aumenta a massa muscular, previne problemas nas articulações, além de proporcionar bom preparo físico e cardiopulmonar e estimular a audição e o olfato.

Sair de casa também ajuda a melhorar o comportamento do animal. É comum ouvirmos relatos de que alguns cães têm a mania de destruírem objetos em casa, de que latem sem parar ou ficam inquietos e até mesmo apresentam um comportamento agressivo ou depressivo.

Ao passear, o animal coloca em prática estímulos sensoriais que o tornam mais sociável, ajudam no controle de sua energia e dão a sensação de prazer. Para um passeio mais gostoso e seguro, é importante:

  • Usar coleira sempre. Por mais acostumado que seja, o cachorro pode se distrair com algo e sair de perto, correndo o risco de sofrer um acidente de carro;
  • Fique atento aos horários do passeio e ao clima. Se estiver muito quente, lembre-se que o cãozinho não utiliza sapatos como os humanos, e suas patinhas podem sofrer graves queimaduras;
  • Antes do passeio, não alimente muito o animal. Procure oferecer algo leve, como frutas. Assim você evita o risco de congestão;
  • Durante o passeio não esqueça de oferecer água;
  • Respeite os limites do animal. Se perceber que está muito cansado, permita que ele se deite um pouco. Caso o cão seja idoso, procure andar mais lentamente;
  • Cães de pelos claros precisam utilizar protetor solar;
  • Por lei, algumas raças devem utilizar focinheiras no momento do passeio. Mas não se esqueça que os cães “refrescam” o corpo pela boca, e mantê-la fechada por longos períodos, durante uma atividade física, por exemplo, pode causar hipertemia (superaquecimento do organismo). Por isso, escolha uma focinheira que seja possível manter a respiração pela boca.

Se você já tem um cãozinho ou pretende ter um no futuro, é importante ter em mente que esta missão deverá ser cumprida por você ou por algum profissional especializado em passear com cães (profissão hoje muito comum no país). Combinado?

Por Tatiane Mota