Cães e gatos são parte das famílias brasileiras – ou da maioria delas. Eles são muito amados e muitas vezes tratados como filhos. Até aí, nenhum problema. Mas quando os pets passam a ser vistos como pessoas e começam a ganhar comidinhas que somente os humanos deveriam ingerir, os problemas surgem.

Gato e cachorro comendoPara se ter uma ideia, estima-se que 30% dos cachorros e 25% dos gatos sejam obesos, uma porcentagem bastante significativa. E isso acontece porque alimentos como pães, pizza, biscoitos doces e salgados, e até mesmo sorvete são consumidos pelos animais diariamente.

O que você provavelmente não sabe é que além de engordar, o pet passa a ficar propenso a desenvolver doenças cardíacas, respiratórias, circulatórias e até mesmo diabetes, diminuindo sua expectativa de vida.

Por isso, é importante que o animal se alimente apenas de sua ração, pois ela tem todos os nutrientes necessários e balanceados de acordo com o tamanho e idade. Claro, você pode oferecer determinados petiscos e até mesmo certas frutas como um agrado, mas nada deve substituir a ração.

Se o seu animal já está acima do peso, você pode encontrar em pet shops rações especiais, com menos calorias. E não esqueça de passear com seu cachorro, pois fazer exercícios é fator fundamental para a prevenção da obesidade. Para os gatos, são infinitas as opções de brinquedos que possam fazê-lo andar bastante pela casa.

Venha conhecer todas as opções de alimentos e brinquedos no Centro de Saúde Animal Jardins! E lembre-se de conversar com o veterinário e fazer exames de rotina, para sempre deixar a saúde de seu pet em dia.

Por Tatiane Mota