O calor está de volta e nesses dias mais quentes não há nada melhor que dar um pulo na piscina ou no mar, não é mesmo? Pois é, assim como nós, alguns cães também adoram essa atividade, já outros nem tanto, mas a pergunta que não quer calar é: será que todos os cães já nascem sabendo nadar?

dog swimming

Se você já teve a experiência de levar seu cão para dar um mergulho, provavelmente notou que mesmo sem nunca ter feito isso antes, assim que ele entrou na água ele rapidamente passou a movimentar as patas de uma forma que ele conseguisse manter a cabeça para fora e não afundar.

Exatamente por isso muitas pessoas passam a acreditar que todos os cães sabem nadar por natureza, mas a verdade é que antes de soltar o seu animal de estimação na piscina ou em águas abertas é preciso tomar alguns cuidados.

Os cachorros, assim como outros animais, inclusive nós humanos, possuem o instinto de se movimentar dentro da água para evitar afundar. A única diferença é que os cães possuem um formato corporal que torna um pouco mais fácil para eles conseguirem se manter na superfície, de forma que o movimento instintivo deles seja o famoso “nado cachorrinho”, que para nós humanos é preciso um pouco de prática para aprender.

Algumas raças têm maior gosto por água e maior facilidade para nadar, como é o caso dos Labradores e dos Golden Retrievers. Já outros podem ter mais dificuldade, como por exemplo os buldogues e outros de cabeça achatada, que acabam tendo a respiração comprometida. Há ainda os que não gostam ou têm medo de mergulhar, nesses casos nunca se deve forçar, pois além de não ser divertido, isso ainda pode traumatizar o animal.

Também é importante saber que mesmo o melhor nadador pode acabar se afogando se acidentalmente cair em algum lugar do qual ele não possa sair.

Se você tiver piscina em casa ou então levar seu cão para algum lugar que tenha, se atente às bordas da piscina e observe se é possível o cão sair com facilidade do lugar. Cuidado também com águas muito movimentadas, com fortes correntezas, pois o animal também pode acabar se cansando e afogar antes que consiga sair.

Evite os acidentes, proteja seus cães, e divirtam-se muito no verão que já está para chegar!

dogs swimming

Texto por Patrícia Mota