Se você tem uma gatinha ou uma cachorrinha, uma coisa é certa – caso não a castre, ela entrará no cio. E este é um período que exige atenção e cuidado.

cachorrinha-femea

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nas cadelas, o primeiro cio ocorre entre os seis e dez meses de vida, e costuma acontecer a cada seis meses, em média. A pet apresenta alguns sinais típicos, como inchaço de suas partes íntimas (vulva) e também sangramentos, que podem durar até nove dias. Nas cachorrinhas mais idosas, pode ocorrer o chamado “cio seco” ou “cio silencioso”, quando não apresentam nenhum sintoma.

O período que segue o fim dos sangramentos é o mais indicado para a cruza, já que é quando tem início a ovulação. Lembrando que não é recomendado o acasalamento antes do terceiro cio, pois o sistema reprodutivo ainda não está completamente formado.

Já as gatas podem ficar no cio todos os meses, sem mesmo apresentar sintomas físicos. Geralmente, nessa fase, elas costumam miar bem alto e ficar inquietas. O primeiro cio das felinas ocorre, geralmente, até os seus dez meses de idade, todos os meses, com uma duração entre quatro e sete dias – os climas mais quentes favorecem o surgimento do cio. Mas, a ovulação das gatas só se inicia após o cruzamento.

Se você não tem interesse que sua pet cruze e tenha filhotinhos, não deixe que machos façam contato com ela neste período. Você também pode realizar a castração, evitando, inclusive, o diagnóstico de alguns tipos de câncer.

Roupinhas especiais

Para não manchar sofás, carpetes e até mesmo a caminha onde a cachorrinha dorme,  existem acessórios especiais e que são encontrados em pet shops. gata

Calcinha – feita de pano, ela é um importante auxílio. Deve ser trocada de duas a três vezes ao dia, para que a umidade não favoreça o surgimento de fungos e bactérias, provocando irritação na pele e inflamação genital. Também não deve ser utilizada 24 horas por dia, para não incomodar a pet. Logo após as refeições, deixe-a livre para fazer suas necessidades!

Para lavar a calcinha, recomenda-se apenas água e sabão neutro, para não dar nenhum tipo de alergia. Água oxigenada pode ser utilizada para tirar as manchas de sangue (mas enxágue muito bem).

Absorvente – ele é usado junto à calcinha e deve ser trocado três vezes por dia.

Por Tatiane Mota