Considerada uma das raças mais antigas do mundo, o Chow Chow tem origem na Ásia e descende dos lobos cinzentos que habitavam a China há muitos anos atrás. É um cão que atrai pela beleza, fofura, e claro, pela língua azul, uma de suas características mais marcantes e exóticas. Mas afinal, qual a origem da cor azulada da língua do Chow Chow?

Captura de Tela 2017-03-03 às 15.45.26
De acordo com uma lenda chinesa, a língua azul foi um pequeno acidente Divino. Isso porque antigamente as pessoas acreditavam que quando Deus estava criando o Universo e resolveu pintar o céu de azul, Ele teria deixado cair algumas gotas de tinta no chão. O chow chow, ou melhor dizendo, seus ancestrais então lamberam as gotas de tinta sob o chão, o que os deixou com a língua azul para sempre.

Segundo a ciência, a explicação vai um pouco além. Os cientistas explicam que a pigmentação azul na língua do Chow Chow é uma predisposição genética que causa o depósito extra de melanina (coloração) nesta parte do corpo. Essa característica foi perpetuada propositalmente pelos criadores da raça e não interferem em nada na saúde do animal.

Apesar de ser a característica mais famosa da raça, além da sua pelagem cheia e densa, eles não nascem assim. Filhotes de Chow Chow possuem a língua cor de rosa no momento do seu nascimento e ela passa a escurecer a partir de 8 a 10 semanas de idade. Há ainda os que não possuem a língua totalmente colorida de azul mesmo em sua fase adulta, tendo apenas algumas manchas, e os que perdem a coloração à medida que envelhecem.

E saiba você que o Chow Chow não é o único “diferentão”, ele compartilha essa característica com o Shar Pei, além de outras raças que têm predisposição e podem apresentar manchas azuladas ou pretas na língua, como o Akita, Pastor Australiano, Cocker Spaniel, Dálmata, Pastor Alemão, Lulu da Pomerânia, Labrador Retriever, Pug, Rottweiler e o Husky Siberiano.

 

Texto por Patrícia Mota