Um cachorrinho está chegando na família e a animação e felicidade tomam conta da casa, não é mesmo? Lembre-se de que é importante ter alguns cuidados básicos para recebê-lo. Devemos preparar o ambiente para o novo filhote. Essa recomendação vem dos próprios veterinários.

Muitas pessoas não acham importante ou acabam se esquecendo, mas preparar a casa é fundamental para que o pet consiga se sentir confortável e seguro. Vale lembrar que será um mundo novo para o cãozinho e que, provavelmente, ele terá acabado de ser separado de sua mãe ou vindo de um ambiente não tão aconchegante quanto a sua nova casa.

Primeiro, você terá que ir às compras: uma cama, para que ele tenha o seu lugar de conforto já definido; potes para água e ração; e brinquedos, que irão servir para mostrar logo de cara o que ele pode ou não morder e brincar. É comum que alguns donos usem objetos de casa para o animal brincar, porém isso pode confundir o bichinho e fazer com que ele comece a morder o que não deve e tudo que ver pela frente.

Além de todos esses utensílios, será muito importante definir o lugar em que o filhote fará as suas necessidades fisiológicas. As fraldinhas são ótimas substitutas para os jornais impressos e ajudam muito na hora de educar o morador recém-chegado, que irá se acostumar onde deve ou não fazer sua “sujeira”.

Antes da chegada do novo integrante, ainda é importante dar aquela última geral, ou seja, colocar em lugares altos e difíceis de alcançar plantas, vasos, cristais e todas as outras coisas que o pequeno filhote poderia quebrar e destruir por ser arteiro e estar descobrindo esse novo ambiente.

É necessário já definir um nome para o seu novo amigo. Alguns médicos veterinários alertam para que o nome seja curto e que não sejam usados apelidos ou diminutivos, pois isso pode confundir o animal quando ele for mais velho.

Outra recomendação de especialistas é deixá-lo em piso vinílico ou em porcelanato, pois isso facilita a limpeza das necessidades do cãozinho.

Por fim, a última mudança que deve ocorrer é nos hábitos da família. Definir as funções de quem irá limpar a sujeira, quem irá levar o cão para passear e quem irá encher seus potes de ração e água. Decidir isso com antecedência é ainda mais importante para que o novo filhote já tenha todo o conforto e a atenção que merece.

Seguindo todas essas dicas, ainda é preciso destacar que você precisa ter muita paciência e não esquecer que ele é um filhote e precisa ser educado. Agora é só curtir e aproveitar todos os momentos que o seu amigão irá proporcionar para a família!

 

Fontes consultadas: meusanimais.com.br/ canaldopet.ig.com.br/ peritoanimal.com.br