Talvez a raiva seja a doença canina mais conhecida. Mas o que muitos não sabem é o verdadeiro mal que ela pode causar para o animal contaminado – e também para os humanos.

Este vírus, transmitido por meio da saliva de um cão doente, seja por meio de mordidas ou qualquer contato com a mucosa, é fatal em todos os casos. Sim, 100% dos cachorros que, infelizmente, forem diagnosticados com a raiva irão morrer. Muito triste.

Hoje, não há um tratamento para a doença, o que torna a vacina antirraiva a única maneira de prevenir que o animal sofra com essa situação. A partir dos dois meses de vida, não esqueça de vacinar seu cãozinho todo os anos!

cachorro-bravo

Como a raiva se apresenta?

Este vírus ataca o sistema nervoso central do animal, causando diversas mudanças de comportamento. Ela é dividida em três tipos:

Raiva furiosa – É a mais comum. Quando contaminado, o animal fica estranho e passa a se esconder de tudo e de todos. O cachorro também pode ficar bastante agitado e agressivo, inclusive com seu dono, além de salivar em excesso e não conseguir mais se alimentar e beber água.

Raiva muda – Neste caso, o cão fica prostrado, com muita sonolência e sem vontade até de caminhar. Também passa a apresentar sinais de paralisia pelo corpo, incluindo no maxilar, o que impede a alimentação e hidratação.

Raiva intestinal – Essa é a mais rara, mas é a que talvez mereça mais atenção. Diferente das outras duas, o cão não fica agressivo, não exibe salivação em excesso e nem paralisia. Vômitos frequentes e cólicas fortes são os sintomas apresentados, sinais estes comuns a diversas outras doenças.

Mas e se meu cão já está vacinado e foi mordido por um outro, contaminado com o vírus?

Será necessário levá-lo ao veterinário para que uma nova vacina seja aplicada. O animal ficará em observação por cerca de 3 meses.

A visita frequente ao veterinário é fundamental para que seu pet tenha qualidade de vida. Somente este profissional está apto a diagnosticar qualquer problema de saúde. E não esqueça de vacinar seu cãozinho!

Por Tatiane Mota