21 dezembro 2018

Pode levar cachorro na praia?




É só começar o verão que recebemos diversas perguntas sobre como podemos aproveitar esse período com o pet. Mas dentre todas as dúvidas, existe uma que sempre prevalece: pode levar cachorro na praia?

Sim, pode! Até existe cachorro que surfa (é só procurar na internet que você vai encontrar algum vídeo ou foto), MAS isso não quer dizer que podemos fazer qualquer coisa com nossos cãezinhos… Devemos tomar cuidado para que ele não se afogue ou se machuque.

Além disso, fique atento às regras! É preciso saber se é o local permite a presença de animais e também a opinião do seu veterinário. Atualmente, muitas cidades litorâneas possuem leis que proíbem a permanência de cachorros nas praias. Mas, mesmo que fosse permitido, veterinários costumam recomendar para não levar os cães à praia.

Sim, pode levar cachorro na praia, mas…

Segundos especialistas, a água salgada pode causar doenças e inflamações nos animais caso eles não sejam devidamente higienizados depois do mergulho.

Em uma matéria recente, o site Saúde, da Abril, ressalta que se o cachorro entrar no mar, a água dentro do conduto auditivo somada à areia e calor será o ambiente ideal para o crescimento de microrganismos como bactérias e fungos, que provocam a otite (inflamação dos ouvidos).

Conjuntivites também podem aparecer devido à abrasividade da areia e a ação dos raios solares em conjunto com a umidade. O resultado: olhos vermelhos, lacrimejantes e muita coceira!

O portal Terra também alerta: levar cães às praias pode causar doenças ao animal e ao dono. Entre os principais problemas decorrentes do passeio dos cães no litoral destaca-se a chamada Dirofilariose.

Popularmente conhecida como verme do coração, a zoonose é transmitida pela picada de mais de 60 espécies de mosquitos encontrados com facilidade no ambiente praiano e se aloja no coração do cãozinho. Alguns dos sintomas que podem ser provocados por ela, são:

  • Tosse
  • Falta de ar
  • Cansaço
  • Inchaço nos membros
  • Barriga inchada
  • Língua arroxeada

Em geral, o tratamento da patologia envolve internação em hospital e cirurgia.

Além do mais, outras doenças também podem ser transmitidas para humanos devido à falta de higiene dos donos no momento da limpeza de sujeiras. As principais doenças causadas são decorrentes, principalmente, das fezes infectadas dos pets que podem transmitir parasitoses intestinais como a Giardíase e a Isosporose (responsáveis por sintomas como dores abdominais, gases, vômitos, diarreia, perda de apetite), além do famoso bicho geográfico, que pode penetrar na pele das pessoas, causando feridas e forte coceira.

 

25 julho 2018

Mitos e verdades: como o cachorro enxerga?




Como o cachorro enxerga? É bem capaz que isso já tenha sido discussão na roda de amigos, no almoço de família, pergunta das crianças ou até mesmo na consulta veterinária, mas no final das contas o que é verdade? Cachorro enxerga em preto e branco? Colorido? De costas? Confira as respostas dos principais debates que envolvem a visão canina.

Continue Reading