27 junho 2019

Soluço em gatos: como curar? – Centro de Saúde Animal Jardins




 

Todos sabem o quão irritante pode ser uma crise de soluço – para quem sente e para quem ouve – e, assim como nós, os bichanos também podem ser afetados por esses movimentos repentinos e involuntários. Embora o soluço em gatos não seja tão frequente, esses bichinhos também não se sentem confortáveis diante do problema.

Continue Reading

3 junho 2019

Descubra qual animal representa a personalidade do seu signo




Para cada signo existe um animal que o representa. Mesmo se você não for ligado no Zodíaco – ou não acreditar – vale a pena dar uma olhadinha, vai que bate?! Confira abaixo:

Continue Reading

23 abril 2019

Tipo sanguíneo dos cachorros: você sabe qual é o do seu?




Muitos não sabem, mas os cães, assim como os humanos, apresentam grupos sanguíneos. É muito importante conhecê-los, visto que, através de uma transfusão de sangue, é possível salvar vidas. Continue lendo esse artigo para saber mais sobre o tipo sanguíneo dos cachorros.

Continue Reading

10 abril 2019

Por que passear com o cachorro?




Não é necessário ter a companhia de um cãozinho para saber o quanto o passeio é importante para esses animais. Mas muitos tutores insistem em acreditar que a atividade é só um capricho, muitas vezes por possuírem uma área em casa para o pet ou por viverem em apartamento com um animal de pequeno porte.

Continue Reading

21 dezembro 2018

Cuidados com o pet nas festas de fim de ano




O final do ano chegou acompanhado do Natal e do Ano Novo! Época de comemorar e se divertir muito com sua família, amigos e também com nossos animais de estimação. E para garantir a melhor diversão tanto para você quanto para ele, é preciso tomar alguns cuidados com o pet durante as festas de fim de ano.

Para te ajudar nessa tarefa, nós separamos algumas dicas e precauções importantes. Vamos a elas?

Cuidados com o pet

  1. DECORAÇÃO

Por seu tamanho e formato, os enfeites natalinos se assemelham a brinquedos e acabam chamando muito a atenção de cães e gatos. Além disso, ainda existem os laços, os galhos da árvore de natal e outros tipos de objetos pontiagudos que podem causar ferimentos na boca do bichinho, ou até complicações ainda mais sérias, caso ele engula o enfeite.

Luzes pisca-pisca também são um problema. Podem causar queimaduras na língua e no focinho dos bichinhos, além de poder gerar choques elétricos e, em casos extremos, causar alterações neurológicas ou de metabolismo. Mantenha os pets bem longe de fios expostos e os enfeites em lugares fora do alcance deles.

  1. ALIMENTAÇÃO

Muito cuidado nas refeições! Um dos principais problemas que acontecem com animais durante as festas de fim de ano é a intoxicação alimentar. Resistir aos pedidos dos pets não é uma tarefa fácil, mas a verdade é que compartilhar restos de comida pode ser muito prejudicial à saúde deles. Chocolates são altamente tóxicos para os cachorros e restos de aves podem causar danos à saúde, até mesmo perfuração de algum órgão interno.

Caso não queira deixar seu pet de fora das comemorações, alguns alimentos próprios podem ser encontrados em pontos de venda específicos. Assim, o risco de ocorrer algum problema alimentar é muito menor.

  1. FOGOS DE ARTIFÍCIO

Infelizmente a queima de fogos de artifício continua sendo uma tradição no Natal e, principalmente, no Ano Novo. Essa época do ano gera muito terror e pânico para os animais de estimação. Isso ocorre porque os cães possuem uma audição avançada e super apurada, tornando o incômodo ainda maior.

Um número alto de acidentes é registrado durante essa época devido à explosão dos fogos. Muito cuidado com janelas abertas e muros acessíveis! Os cães podem tentar saltar para conseguir “fugir do barulho”. Permaneça perto do seu melhor amigo e coloque algodão em seus ouvidos, isso pode ajudar a abafar um pouco o som e tranquilizá-lo.

  1. BEBIDAS ALCOÓLICAS

Ao fazer uma lista de cuidados para as festas de fim de ano, muitos acabam se esquecendo de um grande problema que também acontece com certa frequência: ingestão de bebidas. O álcool age rapidamente no metabolismo dos pets, podendo gerar náuseas, vômitos, crises respiratórias e até coma.

O indicado é tomar cuidado e prestar muita atenção nos copos de bebidas alcoólicas que são derramados no chão ou que são esquecidos em locais que o pet tenha um fácil acesso.

  1. FESTA EM CASA

Caso você seja o anfitrião da festa, a agitação e chegada dos convidados pode causar uma alteração de comportamento de algumas raças de cães e, principalmente, de gatos. Neste caso, optar por um hotel de confiança ou até em deixar os pets em algum cômodo separado pode ser a melhor opção.

  1. VIAGEM

O último item da nossa lista de cuidados com o pet durante as festas de fim de ano são as viagens. Aqui duas situações podem acontecer. A primeira é: caso não seja possível levar o pet junto, tente deixá-lo com alguma pessoa de confiança ou em um hotel para pets. Evite ao máximo deixar o bichinho sozinho em casa.

Mas se houver a possibilidade de levá-lo junto na viagem, o recomendado é o pet ficar por duas horas em jejum antes da viagem, além de que paradas serão necessárias para que ele possa beber água e urinar.

Outra dica importante é identificar o animal com nome e um número para contato, pois a mudança de ambiente, pessoas estranhas e o barulho alto pode levar seu pet a entrar em desespero e fugir.

E aí, gostou das nossas dicas de cuidados com o pet durante as festas de fim de ano? Espero que elas te ajudem a garantir mais conforto para seu cãozinho!

31 outubro 2018

Herói: saiba tudo sobre o cão-guia




A importância do cão-guia é notável. Esses animais assumem um papel no qual se tornam mais do que um bichinho de estimação, pois garantem autonomia à deficientes visuais ou a quem possui uma visão comprometida, tudo sem abrir mão da segurança.

Continue Reading

3 outubro 2018

Mito ou verdade: o ronronar do gato pode transmitir asma?




“Dormir com o seu bichano pode ser perigoso”, que tutor nunca ouviu essa frase? Essa crença de que o gato pode transmitir asma e outras doenças respiratórias atravessa gerações. Por isso, nós viemos esclarecer essa história.

Continue Reading

21 setembro 2018

Para prestar atenção: 10 plantas venenosas para cães e gatos




A estação mais florida do ano já começou e, apesar de deixar tudo mais alegre, o período também oferece riscos aos bichinhos. Isso porque algumas espécies de plantas podem ser venenosas para a saúde de cachorros e gatos.

Continue Reading

28 agosto 2018

Viagem internacional com animais: cuidados no avião e em outro território




Planejamento é a palavra-chave a partir do momento em que fechamos uma viagem internacional e para tutores de pets, a dúvida é sempre a mesma: onde deixar o meu bichinho durante este período?

Continue Reading

26 julho 2018

Os animais durante o eclipse lunar: 8 bichinhos que não tem dias normais




O eclipse lunar é um fenômeno que ocorre quando o Sol, a Terra e a Lua ficam alinhados. Dessa forma, o satélite fica na sombra formada pelo planeta e se torna completamente escuro por alguns minutos – é possível também que adquira cor avermelhada, recebendo o nome de “Lua de Sangue”.

Continue Reading

25 julho 2018

Mitos e verdades: como o cachorro enxerga?




Como o cachorro enxerga? É bem capaz que isso já tenha sido discussão na roda de amigos, no almoço de família, pergunta das crianças ou até mesmo na consulta veterinária, mas no final das contas o que é verdade? Cachorro enxerga em preto e branco? Colorido? De costas? Confira as respostas dos principais debates que envolvem a visão canina.

Continue Reading

16 julho 2018

Torceu pra França? De um jeito ou de outro você não vai resistir a esse post…




A França conquistou pela segunda vez o título da Copa do Mundo após vencer a Croácia por dois gols de diferença. Conheça abaixo seis cães de origem francesa que devem ter comemorado pra cachorro a conquista dos Les Bleus!

Continue Reading

11 julho 2018

Filhote de cachorro em casa: 5 dicas para você se preparar




Um novo pet está chegando e a empolgação já tomou conta da família? Antes de receber um filhote de cachorro em casa, é necessário ter alguns cuidados básicos com o ambiente – recomendação que vem dos próprios veterinários.

Continue Reading

27 junho 2018

Devemos passear com o gato?




Não é tão comum como acontece com cães, mas de vez em quando vemos alguém passeando com um gato na rua, de coleira e guia. O hábito pode ser saudável para o bichano, ainda mais se ele é preguiçoso ou dorminhoco.

Continue Reading

20 junho 2018

Descubra o brinquedo ideal para o pet




Brincadeira é coisa séria e necessária. Assim como acontece com as crianças, o brinquedo ideal para o pet pode evitar o tédio e até mesmo a depressão – características que podem fazer com que ele desenvolva latidos ou choro em excesso e destrua coisas da casa com a finalidade de chamar atenção.

Continue Reading

16 maio 2018

Conheça os 11 pets mais famosos do cinema




Acontece em maio, um dos festivais de cinema mais famosos do mundo – o Festival de Cannes, realizado na cidade francesa de Cannes. Mas, nós sabemos que quem gosta de bichinhos, quer mesmo é ver filmes e animações onde eles são as estrelas, não é?

Continue Reading

16 fevereiro 2018

Meu pet pode contrair febre amarela?




Febre amarela é uma doença infecciosa grave, causado por um vírus e transmitida por mosquitos.

Ultimamente, estamos acompanhando relatos sobre uma maior incidência da doença em alguns estados do Brasil.

Diante deste cenário, temos uma boa notícia para dar: fiquem tranquilos! Os pets não contraem febre amarela. Apenas humanos e macacos são hospedeiros do vírus.

De qualquer forma, precisamos combater os mosquitos, que são transmissores de doenças graves para os pets, como Leishmaniose, Dirofilariose, entre outras.

Para isso, é necessário diminuir o foco de proliferação desses insetos, evitando, por exemplo, água parada, inclusive nos recipientes de água dos pets.

Consulte um médico veterinário para saber as melhores opções de medicamentos e proteja o seu pet do contato com os mosquitos.

10 janeiro 2018

Necessidades do cachorro: acostumar o xixi fora de casa pode não ser uma boa




Apesar de ser sinônimo de companhia e diversão, ter um pet para chamar de nosso requer muita responsabilidade. Nem tudo são flores e chega uma hora que precisamos lidar com as necessidades do cachorro. E quando falamos em necessidades, estamos nos referindo ao xixi e cocô do nosso companheiro. Para manter a casa sempre limpa e livre de qualquer tipo de odor, muitas pessoas juntam o útil ao agradável e estimulam que seus pets façam xixi fora de casa durante o passeio.

Mas existe um porém: determinar que as necessidades do cachorro sejam feitas apenas durante as caminhadas pode acabar gerando alguns probleminhas.

O problema em acostumar o xixi fora de casa

Vamos lá: com a correria do dia a dia, a maioria dos tutores só consegue levar seu pet para passear apenas uma vez ao dia – geralmente de noite, quando ele volta do trabalho.

Agora, vamos pensar juntos:

  • Ao longo do dia, o cachorro bebe água diversas vezes – o que é muito positivo para a saúde.
  • Portanto, é natural que ele sinta vontade de fazer xixi algumas vezes ao dia também.
  • Mas o pet como aprendeu a fazer xixi fora de casa, ele vai segurar até chegar a hora do passeio.
  • O problema é: e se estiver chovendo? E se o tutor pegar muito trânsito? Se aconteceu uma emergência ou viagem de última hora e você não puder levar seu pet para um passeio no dia?

Ao segurar as necessidades, o cachorro pode apresentar graves complicações de saúde. Cálculos na bexiga, cistite, infecção urinária e problemas intestinais são alguns deles. Por isso, é importante analisar essas questões antes de adotar a regra do xixi fora de casa.

Xixi fora de casa: é possível revertê-lo?

Seu cachorro já se acostumou a fazer as necessidades fora de casa e você quer mudar isso? Então siga nossa orientação:

  • Na hora do passeio, leve um jornal no bolso.
  • Ao perceber que seu pet vai fazer xixi ou cocô, coloque o jornal e o incentive a fazer as necessidades em cima. Dê um petisco de recompensa por isso!
  • Faça esse exercício por vários dias. Quando perceber que o animal já está habituado, coloque o jornal no ambiente de preferência da sua casa e repita os mesmos comandos.
  • Você também pode aderir aos tapetes higiênicos. É possível encontra-los em nosso pet shop.

Mas lembrando: esse processo não é algo rápido! Leva um bom tempo para que se seu pet entenda e assimile a nova rotina. O importante é persistir com o procedimento para evitar possíveis problemas de saúde ao seu companheiro.

 

12 maio 2016

Festival homenageia cães por sua amizade e lealdade




Quem tem ou já teve um cão, sabe o quão forte é o laço existente entre ele e sua “família adotiva”, não é à toa que são considerados os melhores amigos do homem.

Para celebrar essa relação e o amor pelos cães, quando o outono chega em Nepal e os nepaleses comemoram o Tihar, um festival com cinco dias de duração e que faz parte das celebrações religiosas Hindus, eles dedicam o segundo dia do festival exclusivamente aos cães e sua lealdade.

Continue Reading