8 maio 2019

Sugestão de nome para cachorro




Escolher um nome para cachorro pode ser uma tarefa complicada. É normal ter dúvidas, buscar referências e até optar por conhecer o bichinho para decidir como chama-lo. Não é para menos: o nome do pet vai acompanha-lo para sempre. Por isso, confira abaixo nossas dicas.

Continue Reading

2 maio 2019

Fontes de água para gatos: por que comprar?




O bichano não bebe a água que você coloca na tigela dele e insiste em pular na pia para beber direto da torneira. Se identificou? Isso tem uma explicação: os gatos não gostam de beber água que esteja parada por muito tempo.

Continue Reading

10 abril 2019

Por que passear com o cachorro?




Não é necessário ter a companhia de um cãozinho para saber o quanto o passeio é importante para esses animais. Mas muitos tutores insistem em acreditar que a atividade é só um capricho, muitas vezes por possuírem uma área em casa para o pet ou por viverem em apartamento com um animal de pequeno porte.

Continue Reading

11 março 2019

Encontrei um filhote de gato abandonado… e agora?




Para nós, amantes de bichinhos, se deparar com um filhote é um momento especial em meio à correria do dia a dia. Mas se o animal estiver precisando de cuidados, o que fazer? É comum fêmeas em situação de rua morrerem após o parto e, infelizmente, o abandono de animais ainda existe, sendo filhotinhos e gatas grávidas as principais vítimas.

Continue Reading

21 dezembro 2018

Cuidados com o pet nas festas de fim de ano




O final do ano chegou acompanhado do Natal e do Ano Novo! Época de comemorar e se divertir muito com sua família, amigos e também com nossos animais de estimação. E para garantir a melhor diversão tanto para você quanto para ele, é preciso tomar alguns cuidados com o pet durante as festas de fim de ano.

Para te ajudar nessa tarefa, nós separamos algumas dicas e precauções importantes. Vamos a elas?

Cuidados com o pet

  1. DECORAÇÃO

Por seu tamanho e formato, os enfeites natalinos se assemelham a brinquedos e acabam chamando muito a atenção de cães e gatos. Além disso, ainda existem os laços, os galhos da árvore de natal e outros tipos de objetos pontiagudos que podem causar ferimentos na boca do bichinho, ou até complicações ainda mais sérias, caso ele engula o enfeite.

Luzes pisca-pisca também são um problema. Podem causar queimaduras na língua e no focinho dos bichinhos, além de poder gerar choques elétricos e, em casos extremos, causar alterações neurológicas ou de metabolismo. Mantenha os pets bem longe de fios expostos e os enfeites em lugares fora do alcance deles.

  1. ALIMENTAÇÃO

Muito cuidado nas refeições! Um dos principais problemas que acontecem com animais durante as festas de fim de ano é a intoxicação alimentar. Resistir aos pedidos dos pets não é uma tarefa fácil, mas a verdade é que compartilhar restos de comida pode ser muito prejudicial à saúde deles. Chocolates são altamente tóxicos para os cachorros e restos de aves podem causar danos à saúde, até mesmo perfuração de algum órgão interno.

Caso não queira deixar seu pet de fora das comemorações, alguns alimentos próprios podem ser encontrados em pontos de venda específicos. Assim, o risco de ocorrer algum problema alimentar é muito menor.

  1. FOGOS DE ARTIFÍCIO

Infelizmente a queima de fogos de artifício continua sendo uma tradição no Natal e, principalmente, no Ano Novo. Essa época do ano gera muito terror e pânico para os animais de estimação. Isso ocorre porque os cães possuem uma audição avançada e super apurada, tornando o incômodo ainda maior.

Um número alto de acidentes é registrado durante essa época devido à explosão dos fogos. Muito cuidado com janelas abertas e muros acessíveis! Os cães podem tentar saltar para conseguir “fugir do barulho”. Permaneça perto do seu melhor amigo e coloque algodão em seus ouvidos, isso pode ajudar a abafar um pouco o som e tranquilizá-lo.

  1. BEBIDAS ALCOÓLICAS

Ao fazer uma lista de cuidados para as festas de fim de ano, muitos acabam se esquecendo de um grande problema que também acontece com certa frequência: ingestão de bebidas. O álcool age rapidamente no metabolismo dos pets, podendo gerar náuseas, vômitos, crises respiratórias e até coma.

O indicado é tomar cuidado e prestar muita atenção nos copos de bebidas alcoólicas que são derramados no chão ou que são esquecidos em locais que o pet tenha um fácil acesso.

  1. FESTA EM CASA

Caso você seja o anfitrião da festa, a agitação e chegada dos convidados pode causar uma alteração de comportamento de algumas raças de cães e, principalmente, de gatos. Neste caso, optar por um hotel de confiança ou até em deixar os pets em algum cômodo separado pode ser a melhor opção.

  1. VIAGEM

O último item da nossa lista de cuidados com o pet durante as festas de fim de ano são as viagens. Aqui duas situações podem acontecer. A primeira é: caso não seja possível levar o pet junto, tente deixá-lo com alguma pessoa de confiança ou em um hotel para pets. Evite ao máximo deixar o bichinho sozinho em casa.

Mas se houver a possibilidade de levá-lo junto na viagem, o recomendado é o pet ficar por duas horas em jejum antes da viagem, além de que paradas serão necessárias para que ele possa beber água e urinar.

Outra dica importante é identificar o animal com nome e um número para contato, pois a mudança de ambiente, pessoas estranhas e o barulho alto pode levar seu pet a entrar em desespero e fugir.

E aí, gostou das nossas dicas de cuidados com o pet durante as festas de fim de ano? Espero que elas te ajudem a garantir mais conforto para seu cãozinho!

23 novembro 2018

Truques: como dar remédio para o cachorro?




Provavelmente você já percebeu que não é necessário muito tempo para o seu cãozinho perceber que um elemento novo e estranho está sendo oferecido a ele. Resistir aos comprimidos que o veterinário receita é um comportamento normal de todo pet. Mas para que eles recebam todos os medicamentos que necessitam, é necessário agir de forma habilidosa. Por isso, separamos para você alguns truques de como dar remédio para o cachorro de forma mais fácil. Confira: 

Continue Reading

23 novembro 2018

Animais em condomínio: devo me preocupar com o elevador?




Cada vez mais cães e gatos são considerados membros da família, sendo parte importante de um lar. Em casa, essa convivência é simples e tranquila. Diferente de quem vive em apartamento. Afinal, quem nunca presenciou ou ouviu falar de casos envolvendo animais em condomínio?

Continue Reading

16 outubro 2018

Inspiração: 10 tatuagens para quem ama animais




Dizem que para ter um desenho na pele é preciso que ele tenha algum significado pessoal e especial. Nós sabemos do seu amor pelo seu pet e resolvemos unir o útil ao agradável: existe jeito melhor do que uma tatuagem para mostrar ao mundo esse sentimento?

Continue Reading

28 agosto 2018

Viagem internacional com animais: cuidados no avião e em outro território




Planejamento é a palavra-chave a partir do momento em que fechamos uma viagem internacional e para tutores de pets, a dúvida é sempre a mesma: onde deixar o meu bichinho durante este período?

Continue Reading

22 agosto 2018

DIY: 5 tutoriais faça você mesmo para gato




Nós, do Centro de Saúde Animal Jardins, amamos – de paixão – os bichanos. Se você também é assim e tem um felino para chamar de seu, que tal se aventurar na tendência DIY (Do It Yourself – Faça você mesmo) e presenteá-lo?

Continue Reading

15 agosto 2018

Como escolher a cama do cachorro




Os bichinhos de estimação merecem um local de descanso compatível com suas necessidades. Além de confortável, a cama do cachorro o protege da temperatura do chão – tanto no inverno quanto no verão –, passa segurança quando são filhotes, evitam calos de apoio e, até mesmo, outros problemas de articulação.

Continue Reading

11 julho 2018

Filhote de cachorro em casa: 5 dicas para você se preparar




Um novo pet está chegando e a empolgação já tomou conta da família? Antes de receber um filhote de cachorro em casa, é necessário ter alguns cuidados básicos com o ambiente – recomendação que vem dos próprios veterinários.

Continue Reading

27 junho 2018

Devemos passear com o gato?




Não é tão comum como acontece com cães, mas de vez em quando vemos alguém passeando com um gato na rua, de coleira e guia. O hábito pode ser saudável para o bichano, ainda mais se ele é preguiçoso ou dorminhoco.

Continue Reading

13 junho 2018

Você e o seu pet estão preparados para a Copa?




Um dos maiores eventos esportivos do mundo está rolando e nós já conseguimos imaginar o que nos espera: muito verde e amarelo pelas ruas, reuniões para assistir aos jogos e instrumentos para caprichar nas comemorações – mas você e seu pet também estão na torcida?

Continue Reading

8 março 2018

Saiba mais sobre a higiene bucal dos pets




Meu animalzinho precisa mesmo escovar os dentes?

Assim como nós, a higiene bucal dos pets precisa de atenção. Os cães e gatos possuem bactérias na boca, que aglomeradas podem formar a placa bacteriana, ocasionando no cálculo dentário (tártaro).

Continue Reading

20 fevereiro 2018

Cuide da temperatura corporal do seu pet




Em dias quentes, é necessário redobrar os cuidados com cães e gatos para evitar a hipertermia – aumento excessivo da temperatura corporal.

Como não transpiram, os bichinhos trocam calor pela boca e tem maior dificuldade para manter a temperatura do corpo. Tal fato pode gerar pressão alta e até mesmo acarretar em uma parada cardíaca.

Alguns sintomas podem indicar hipertermia: respiração ofegante, apatia, fraqueza, falta de apetite, vômitos, diarreias e desmaios ou convulsões. Os pets sobrepesos e os que tem o focinho mais curto são os mais afetados.

Dicas para o bem-estar do seu pet no calor

Sorvete de ração

Em estações quentes, o pet precisa se alimentar de forma balanceada, sem perder os nutrientes que ele necessita. Para amenizar o calor, é possível fazer sorvete de ração: bata a ração no liquidificador com um pouco de água, coloque em forminhas de gelo e congele.

Água fresca

Troque com frequência a água do recipiente do seu pet, para que ela esteja sempre fresca e disponível. Vale também acrescentar algumas pedrinhas de gelo e estimular seu bichinho a beber água mais vezes ao dia.

Passeios

Os melhores horários são entre 6h e 10h, e após as 17h, de preferência longe do asfalto quente. Ao notar que o pet está ofegante, ofereça água e borrife um pouco dela pelo corpo do mesmo.

No carro

Mantenha a ventilação no carro e em caso de viagens longas, faça paradas para o pet se refrescar.

Mais sombra

O ideal é que os pets tenham opções de sombra para se abrigar, além de um piso frio para deitar, ajudando a baixar a temperatura corporal e a troca de calor.

9 fevereiro 2018

Dicas para você curtir o carnaval com o seu pet




O carnaval de rua conquistou o coração de muita gente, entre marchinhas, purpurina e serpentina, os blocos são as atrações mais desejadas pelos foliões.

Continue Reading