Na busca por soluções naturais e menos invasivas para cuidar dos bichinhos, muitos tutores estão apostando em terapias alternativas. Esses métodos têm auxiliado a tratar e amenizar as dores de muitos cães e gatos. Com a procura alta, cada vez mais veterinários procuram se especializar e indicar esses tratamentos.

O principal benefício é não oferecer nenhum tipo de efeito colateral. Essas técnicas podem ser utilizadas tanto como terapias complementares para curar o animal de uma enfermidade, ou para auxiliar na correção de problemas comportamentais.

Continue lendo para conhecer algumas práticas, mas atenção: antes de iniciar qualquer uma das terapias alternativas mencionadas abaixo, é fundamental procurar um veterinário para entender se o procedimento é adequado para o seu pet.

 

Musicoterapia

O método utiliza música e diversos elementos sonoros para promover mudanças positivas nos pets. É indicado para diminuir o nível de estresse do animal, fazendo com que ele relaxe e responda melhor ao tratamento de uma doença, por exemplo.

É importante que as sessões de musicoterapia sejam indicadas e realizadas por um profissional. Se o tipo de música utilizada não for adequado, pode ocorrer uma piora no comportamento do pet.

 

Florais

Essa é uma terapia alternativa baseada na essência das flores, que ajuda os animais em questões comportamentais. Pode ser utilizada para acalmar cães hiperativos, auxiliar no tratamento da depressão, ou fazer com que os latidos em excesso diminuam.

Os florais não possuem nenhum tipo de contraindicação.

 

Acupuntura

Uma das terapias alternativas mais conhecidas pelos humanos. A acupuntura é uma técnica milenar chinesa que consiste na aplicação de agulhas na pele dos animais.

Essas agulhas causam estímulos no corpo, levando ao controle ou à cura de certas doenças. Indicada para problemas respiratórios, doenças dermatológicas, neurológicas, do sistema reprodutivo, musculares ou relacionadas à estrutura óssea.

 

Shiatsu

Assim como para os humanos, o método é baseado na pressão dos pontos energéticos vitais, trazendo benefícios para os cães em casos de estresse, ansiedade e agressividade. Também é útil para lesões musculares, problemas respiratórios e outros desequilíbrios.

 

Reiki

Esse método é descrito como cura natural por canalização de energia vital. Através das mãos do especialista, o objetivo é restabelecer o equilíbrio físico, mental e emocional do pet. Pode aliviar dores, atenuar efeitos colaterais de outros tratamentos e promover conforto emocional para o pet.

Fonte: Revista Versar