Fases da vida de um cachorro – saiba os cuidados para cada uma

  • Cão, Comportamento, Curiosidades, Saúde
  • Nenhum comentário
  • CSA Jardins

Assim como os humanos, os animais passam por diversas mudanças durante o crescimento. As fases da vida de um cachorro são acompanhadas de alterações comportamentais, fisiológicas e até mesmo nutricionais. Ao decidir ter um companheiro de quatro patas, é necessário considerar se a família está apta para vivenciar todas as etapas, sempre pronta para atender às necessidades do novo membro.

Mas enfim, quais são as fases da vida de um cachorro?

Ao longo do tempo, é possível observar as mudanças comportamentais e físicas que o cão passa. Mas existem mudanças internas que precisam de acompanhamento adequado.

Até atingir 1 ano de idade, o cãozinho passa pelo período neonatal, que compreende até a segunda semana de vida. Depois entra na fase transacional até os 20 dias de vida, quando começa a responder aos estímulos externos.

O período a partir da terceira semana de vida, pode ser chamado de infância ou fase de socialização. É quando o comportamento está sendo moldado, pois o pet está mais receptivo à novas experiências. É importante lembrar que durante esse tempo, o filhote ainda não terá completado o ciclo de vacinação e precisa de cuidados com a saúde.

Ao atingir, mais ou menos, 12 semanas de vida, o cachorro entra na fase juvenil, que é marcado pelo aperfeiçoamento da coordenação motora, crescimento corporal e troca de pelagem. O comportamento também pode mudar, pois os cães ficam ativos e curiosos. É essencial permitir que o animal desenvolva seus comportamentos naturais como latir, farejar e brincar, mas sempre de acordo com as regras da casa para evitar problemas futuros.

Fase adulta

Essa fase é compreendida entre 1 e 7 anos, mas pode variar de acordo com a raça. É normal que, quanto mais próximo da terceira idade, os pets fiquem mais calmos e maduros. Mas os animais saudáveis, que possuem uma rotina estimulante, continuam curiosos e ativos, mas com um temperamento seguro e independente.

Velhice

Cachorros idosos costumam ter um comportamento mais sereno. Durante essa fase, o pet está mais propenso a desenvolver doenças cardíacas, obesidade, diabetes, alterações renais, câncer, entre outras.

Por isso, é recomendado que os tutores realizem os check-ups com maior frequência.

Em todas as fases

Durante todas as fases da vida de um cachorro, é importante realizar o acompanhamento do pet em um veterinário de confiança para manter a vacinação e saúde em dia. Com os check-ups periódicos é possível identificar as necessidades e alterações em qualquer fase da vida do pet.

Aqui no Centro de Saúde Animal Jardins, temos veterinários preparados para atender ser cachorro em qualquer fase de vida. Agende uma consulta!

 

Deixe uma resposta