Novembro Azul Pet

  • Cão, Gato, Novidades, Saúde
  • Nenhum comentário
  • CSA Jardins

Estamos em pleno Novembro Azul, quando em todo o país acontece campanhas de conscientização sobre o câncer de próstata. Mas se você pensa que esta é uma doença exclusivas dos humanos, está completamente errado. Cães e gatos (no caso dos felinos, bem raro) também podem desenvolver a doença.

Na maior parte dos casos, os mais afetados são os cães idosos e não castrados. A castração é hoje uma das principais maneiras de prevenir o surgimento da doença. Mas independente de castrar ou não, a partir dos 7 anos de idade é fundamental submeter, anualmente, o animal a uma ultrassonografia abdominal para checar o aspecto da próstata e testículos.cachorro-de-gravatinha

A próstata tem por função produzir fluido como meio de transporte e suporte para os espermatozoides durante a ejaculação. Vários tipos de células são encontradas na próstata, e o câncer acontece com a má formação destas células.

Dentre os sintomas que o pet pode apresentar estão: dificuldade para urinar, ou fazer xixi muitas vezes; presença de sangue na urina; febre e infecções urinárias; esforço para fazer cocô; surgimento de pus no pênis; inchaço na região abdominal e nos testículos; dificuldade para caminhar; muito cansaço.

Diagnosticar precocemente é fundamental para que os tratamentos façam efeito e possibilitem maior qualidade de vida ao animal.

Atualmente, a quimioterapia é uma das principais formas de tratamento. Ela, além de regredir o câncer, é utilizada quando há chances de tumor se espalhar para outras partes do corpo do cão ou gato. A radioterapia também pode controlar o câncer e costuma ser bem tolerada pelos animais.

Tenha em mente que é muito importante sempre levar seu pet a um veterinário. A qualquer mudança de comportamento, procure um profissional. Somente ele poderia diagnosticar corretamente o câncer de próstata e indicar o melhor tratamento.

Por Tatiane Mota

Deixe uma resposta