Saúde animal durante o inverno – saiba o que fazer

  • Cão, Gato, Saúde
  • Nenhum comentário
  • CSA Jardins

Com a chegada do tempo frio, algumas doenças podem acometer os pets. Por isso, recomenda-se que os tutores tenham cuidado com a saúde animal durante o inverno. A vacinação em dia previne algumas enfermidades, já outras são crônicas e podem ser minimizadas com terapias alternativas.

Saúde canina no inverno

Nos cães, a doença mais comum durante o inverno é a chamada traqueobronquite, conhecida também como Gripe Canina ou Tosse dos Canis. Os animais acometidos costumam apresentar espirros, falta de apetite e tosse seca. Em casos mais graves, o quadro pode evoluir para uma pneumonia.

A transmissão ocorre pelo contato ou aproximação com outros cães acometidos e pode ser evitada com a vacina da gripe canina.

Saúde felina no inverno

Mais comum em gatos filhotes, a rinotraqueite resulta em secreção nasal e ocular, podendo causar febre, desidratação e dificuldade respiratória. A doença pode ser evitada com a vacinação contra vírus causador, o herpesvírus.

Além disso, recomenda-se que os tutores desinfetem o ambiente e itens do gato doente.

Outras doenças

Além das doenças específicas em cães e gatos, outras enfermidades podem acometer a saúde animal durante o inverno. Animais idosos costumam apresentar problemas ortopédicos crônicos. Em pets com problemas articulares, a artrose pode resultar em hérnias de discos e displasia coxofemoral.

Essa condição pode causar dor e desconforto, principalmente em dias mais frios. Apesar de ser uma doença crônica e que não existe cura, algumas terapias alternativas, como fisioterapia e acupuntura, e o uso de analgésicos podem ajudar na diminuição das dores.

Como prevenir as doenças de inverno?

Alguns cuidados extras ajudam a prevenir que o animal fique doente, como:

  • Vacinas em dia
  • Check-up periódico
  • Usar roupinhas quentes e confortáveis
  • Garantir que o animal não passe frio durante a noite
  • Evitar o banho e tosa com muita frequência
  • Incentivar o consumo de água para manter o pet hidratado
  • Passear em horários mais quentes

 

Notou algum sintoma no seu pet? Faça uma visita no Centro de Saúde Animal Jardins, esperamos por vocês!

Deixe uma resposta